maes_080522

“Prece por um menino que acaba de nascer”

Há pais, de modo particular mães, que experimentam necessidade de rezar ao Deus bom logo que um filho nasceu. A prece delas poderia ser deste teor:

“Menino, menino de poucos dias, menino tão sonhado e acalentado, menino diante de meus olhos, eu quero agora te entregar todinho e inteirinho a Deus nosso Senhor.

Que tipo de vida levarás? O que chamará tua atenção? Quem haverás de encontrar ao longo do tempo de tua vida?

Tens o rosto rosado, cheio de vida, mexes esses teus olhos negros e brilhantes. A quem abraçarás e a quem beijarás? Que mãos haverás de apertar, que corpos estreitarás, que paisagens interiores haverás de descortinar?

Menino, menino novo de poucos dias, quisera eu abrir caminhos para teus pés, empurrar portas pelas quais pudesses facilmente passar. Não posso. Tu mesmo, menino, haverás de encontrar teus caminhos, haverás de empurrar portas. Caminharás com teus próprios pés. A vida é toda tua. Haverás de sentir o gosto e o desafio de viver. Estarei por perto se precisares de uma palavra que que brote de meu coração.

Deus queira que a violência se afaste de ti, que ninguém te fira com as flechas do ódio, que não sejas usado pelos outros, mas sempre respeitado, amado, valorizado.

Menino de poucos dias, eu te suplico, que sejas irmão de muitos irmãos, que tomes pela mão os que titubeiam e vacilam, que sejas como um anjo na face da terra. Menino, meu menino de poucos dias, que Deus nosso Senhor te cumule de todos os bens”.

Frei Almir Ribeiro Guimarães

Notícias Relacionadas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print