colegio_04062021

Irmãs de Santa Catarina celebram 124 anos de presença em Petrópolis

A vinda das primeiras irmãs da Congregação de Santa Catarina para o Brasil teve início com uma carta do Frei Ciríaco a Madre Gaudência, convidando-a para virem para o país, a fim de educar os filhos dos colonos alemães. Levou um mês, até chegar às mãos da destinatária a carta com o convite! Pode-se imaginar com que emoção Madre Gaudência acolheu o convite de Frei Ciríaco. Era um apelo do Senhor em resposta aos anseios missionários das filhas de Madre Regina.

Foi, certamente, com alegria e ação de graças ao Senhor que Madre Gaudência transmitiu às Irmãs dos quatro conventos o convite de Frei Ciríaco e um sim generoso ecoou pelos muros dos conventos. Muitas candidatas se apresentaram. Na correspondência com o Padre Irineu Bierbaum, OFM, em Dusseldorf, ficou decidido que as quatro Irmãs viajariam no dia 18 de maio de 1897, quando seis irmãos franciscanos viajariam para o brasil.

Pode-se imaginar os preparativos para a longa viagem e a fundação de uma comunidade educacional e apostólica em outro continente. Orações fervorosas subiam ao céu pela feliz viagem e por uma abençoada atividade das irmãs prussianas à luz do Cruzeiro do Sul.

Chegado o dia 18 de maio, nossas corajosas pioneiras embarcaram, em Braniewo, no trem que as levou até Berlim. Fizeram aí uma breve parada, indo para o Convento das Irmãs Dominicanas que as receberam com muita amabilidade. “As Irmãs foram muito amáveis, como a senhora mesma o relatara de outros tempos. Deram-nos novamente laranjas para a viagem”, escreve Irmã Rosa à Madre Geral, em 19 de maio de 1897. Esta carta termina com uma frase profética: “Frei João disse que podemos contar com uma grande expansão para nossa Congregação, lá no Brasil, particularmente em relação às escolas”.

De Berlim seguiram para Hamburgo. No dia 20, quinta feira, pelas 4 horas da manhã, o navio “Cordoba”, da Companhia Sul – Americana de navegação a vapor, se pôs em movimento. Durante a viagem, nossas heroínas dirigiam à Madre Regina 9 cartas, em que contaram minuciosamente, o dia a dia da viagem, descreveram o navio, as paisagens e etc. No dia 26 de maio, o navio ancorou em Lisboa.

Assim, em 16 de junho de 1897, atendendo ao chamado dos franciscanos para educarem os filhos dos colonos alemães, chegaram as primeiras Irmãs ao Brasil: Ir.Dária Beckmann; Ir.irmengard Preuschoff; Ir. Rosa Woynod, Ir.Crescência Bleise, que se estabeleceram em Petrópolis (RJ) perto da Igreja do Sagrado Coração de Jesus.

SAIBA MAIS SOBRE A CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS DE SANTA CATARINA

 

Notícias Relacionadas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print