cinzas_02032022 (1)

Frei Jorge: Os exercícios quaresmais são um resumo de nossa vida cristã!

Frei Augusto Luiz Gabriel

Petrópolis (RJ) – As celebrações de imposição das Cinzas marcaram o início do tempo quaresmal na Paróquia e Fraternidade do Sagrado Coração de Jesus de Petrópolis (RJ). As missas das 7h, 10h e 18h contaram com a presença de fiéis, paroquianos e lideranças de movimentos e pastorais. O pároco, Frei Jorge Paulo Schiavini, presidiu a Santa Missa das 18 horas que contou com a presença do Coral dos Frades do Tempo da Teologia, sob regência do mestre Frei Marcos Antonio de Andrade. A missa também foi transmitida pela Rádio Imperial e pelas plataformas digitais da Paróquia, como de costume.

Frei Jorge iniciou sua reflexão dizendo que o apelo de toda a Liturgia da Palavra é da conversão. “Conversão que significa mudança. Deixar de lado o caminho distante de Deus, o caminho que não leva à vida, o caminho do sofrimento e do pecado, para voltar para o caminho que Deus revela em Jesus Cristo, através do seu amor e bondade”, disse.

“Nós ouvimos no Evangelho que essa conversão precisa ser autêntica e verdadeira para que produza frutos. Jesus fala: ‘Não pratiqueis a religião somente para serem vistos pelos outros’, mas para estarem em comunhão com o Pai. Somente a conversão verdadeira, que brota do interior e da boa vontade é que produz frutos de renovação e transformação”, frisou.

Para Frei Jorge, os exercícios quaresmais são um resumo de nossa vida cristã. “A oração, caridade, partilha e o jejum são exercícios que continuam válidos hoje, se praticados como nos pede Jesus Cristo. Nestes exercícios, cada um de nós pode refletir sobre o que podemos fazer neste tempo da Quaresma e sobre o que cada um de nós tem mais necessidade para o bem do mundo e para que vivamos melhor o Evangelho”, ressaltou.

“É tempo de rezar, refletir e pensar, mas também é tempo de pedir perdão. Se nós nos sentimos pecadores e frágeis, este é o momento de voltar com todo o coração para Deus, para pedir perdão e ao mesmo tempo para nos propor a seguir o seu caminho”, destacou.

“Que nós não deixemos passar a graça de Deus em nossas vidas. Que possamos neste tempo da quaresma perceber Deus que vem ao nosso encontro e nos chama mais uma vez à conversão. Que possamos ser generosos na resposta e que assim sejamos também nós embaixadores do Evangelho, colaboradores de Cristo, semeando nas famílias e na sociedade a riqueza do Evangelho de Deus”, concluiu.

Após a homilia, Frei Jorge abençoou as cinzas e rezou a seguinte oração: “[…] Roguemos instantemente a Deus Pai que abençoe com a riqueza da Sua graça estas cinzas, que vamos colocar sobre as nossas cabeças em sinal de penitência. Ó Deus, que Vos deixais comover pelos que se humilham e Vos reconciliais com os que reparam suas faltas, ouvi como um Pai as nossas súplicas. Derramai a graça de Vossa bênção † sobre os fiéis que vão receber estas cinzas, para que, prosseguindo na observância da Quaresma, possam celebrar de coração purificado o mistério pascal do Vosso Filho”. Na sequência, as cinzas foram distribuídas para todos os presentes com a contundente indicação: “Convertei-vos e crede no Evangelho”.

Após a comunhão, o Coral entoou a música “Jesu Salvator” de Bortolomeo Cordans (VEJA ABAIXO). Depois, como de costume, Frei Jorge rezou pelas famílias enlutadas, bem como pelos aniversariantes. A solene bênção final encerrou a celebração.

VEJA FOTOS DA CELEBRAÇÃO

Notícias Relacionadas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print