outubro_2021 (1)

Comunidade Nossa Senhora Aparecida – Duchas

A Capela de Nossa Senhora Aparecida, na Comunidade Duchas, tem sua história intimamente ligada a história das Irmãs Franciscanas do Amparo e a dos Frades Franciscanos. O padre João Francisco de Siqueira Andrade, paulista de Jacareí, com as esmolas que conseguiu pelo interior dos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo, comprou “prazos” de terras e construiu a “Escola Doméstica de Nossa Senhora do Amparo”, inaugurada em 22 de janeiro de 1871. E em 1879 comprou uma porção de terra no bairro Duchas, contendo minas de água para abastecer a escola.

Na década dos anos de 1940, uma religiosa do Amparo, Irmã Vitória da Cruz, dava catequese às crianças, na varandinha da casa de D. Joana Maria Eusébia da Conceição na comunidade e, na época de Natal, pedia prendas no comércio da cidade, para oferecer aos seus alunos.

Depois da Irmã Vitória, outras irmãs deram continuidade à catequese. Irmã Joana Batista, Irmã Zélia de Santa Teresinha. Na década de 1950, Irmã Assis deu seu testemunho de trabalho, neste bairro, cultivando a terra e zelando por uma vaquinha, que o Amparo ganhara. Foi presença de bondade para os vizinhos.

Irmã Irene, com a ajuda de pessoas do bairro, em particular as senhoras: Ivanilde, Gessi, Marlene, Emaculada e seu esposo Amador, outros senhores e pessoas da cidade, ampliaram as atividades: visitas às famílias, catequese, trabalhos manuais e culinária para as crianças. Na cozinha, o aprendizado era divertido. As crianças com a Irmã Irene faziam a comida e a festa.

Na década dos anos de 1970, ainda com Irmã Irene, os frades franciscanos da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, iniciaram a assistência religiosa à Comunidade das Duchas; havia a Santa Missa uma vez por mês na sala da casinha que pertencia ao Amparo. O primeiro franciscano a dar assistência ao povo desta Comunidade foi o Frei Ludovico Garmus, ofm. Sob a sua orientação houve na comunidade as primeiras Missões Bíblicas, dirigidas por Frei Davi e dois estudantes franciscanos do Sagrado, em setembro de 1983. Algumas Irmãs do Amparo e pessoas da Comunidade colaboraram durante as Missões.

Depois de Irmã Irene, ainda em 1983, Irmã Alaíde e Irmã Margarida Pinheiro assumiram a catequese e a Celebração da Palavra de Deus nos fins de semana em que não havia Missa e comunhão aos enfermos.

Em 1986, D. Maria, que descia do morro apoiada em sua muleta e vinha rezar com a comunidade, teve um sonho com Jesus: ao chegar a sua casa, Ele a abraçou e comeu um pouco de manjar, que lhe oferecera, e lhe disse: “D. Maria, eu vim para ver onde vão construir o meu barraco”. Pouco tempo depois, seu sonho se torna realidade: Irmã Coleta, Superiora do Amparo, decide fazer a construção de uma Capela dedicada a Nossa Senhora Aparecida. Foi grande a alegria da comunidade.

No ano seguinte, em 07 de julho de 1987, a Capela recebeu a bênção do Senhor Bispo de Petrópolis, D. José Fernandes Veloso, que presidiu a Missa de inauguração, estando presentes o povo e as Irmãs do Amparo.

Em 1990, foram investidas ministras extraordinárias da Sagrada Comunhão, pessoas da comunidade, pelo pároco do Sagrado, Frei Vitalino Turcatto. E outras pessoas da comunidade também assumiram a catequese das crianças.

Em 2007, com a decisão da construção de uma Casa para as Irmãs do Amparo no local, a Capela – que apresentava problemas estruturais – foi desativada e demolida.

Desde então, as celebrações passaram a acontecer na casa construída para as Irmãs do Amparo que, juntamente com os frades e diversos voluntários da comunidade, trabalham em prol do povo e da construção da nova capela.

Após um período inicial de organização, planejamento e eventos, as obras da nova capela iniciaram em 2020 e têm sido um testemunho do carinho e doação, das mais diversas formas, das Irmãs do Amparo – a superiora Irmã Silma, demais irmãs e noviças-, dos freis do Sagrado Coração de Jesus – o pároco Frei Jorge, párocos anteriores Frei Ângelo, Frei César, Frei James, demais freis r estudantes -, e de pessoas da comunidade e de tantos outros irmãos e irmãs.

FOTOS DA CONSTRUÇÃO DA IGREJA

Neste momento, junho de 2021, o 1º andar, onde funcionarão algumas salas, banheiros e cozinha já se encontram prontas. No 2º andar, ficará a capela dedicada a padroeira do Brasil. Por tudo isso, nosso coração se alegra e agradece a Deus pelos sacerdotes, religiosos, religiosas, catequistas, voluntários, colaboradores e todo o povo que o Senhor nos concedeu durante a história desta comunidade.


VEJA ALGUMAS FOTOS DA COMUNIDADE

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print