canarinhos _1200X700

Canarinhos lançam Documentário sobre 80 anos de História

Petrópolis (RJ) – Acostumado a contar histórias através da música, chegou a vez do Instituto dos Meninos Cantores de Petrópolis ter a própria trajetória contada. Graças à Lei Aldir Blanc, o coro de meninos mais antigo do Brasil vai levar às telas sua história de sucesso que atravessa gerações no curta-metragem “Canarinhos de Petrópolis – Tradição e Contemporaneidade”.

A produção estreia nesta terça-feira (30), às 19 horas, nas páginas do IMCP. “Canarinhos de Petrópolis – Tradição e Contemporaneidade” foi um dos projetos contemplados pelo Edital de Chamada Pública Simplificada Nº 03/2020, na Lei Aldir Blanc, realizado pela Prefeitura Municipal de Petrópolis e pelo Instituto Municipal de Cultura e Esportes, em parceria com a Secretaria Especial de Cultura, o Ministério do Turismo e o Governo Federal.

Como o nome do documentário bem aponta, os Canarinhos foram capazes de se adaptar à modernidade, sem perder sua essência e a tradição que os move. Foram cerca de dois

meses de produção do curta-metragem em que foram reunidas imagens de arquivo, registros de apresentações e depoimentos de coralistas, ex-coralistas e famílias que acompanharam de perto o que é fazer parte do Instituto.

De acordo com o Frei Marcos Antônio de Andrade, um dos aspectos mais interessantes sobre o projeto foi a possibilidade de reunir depoimentos de um ex-canarinho por década: da fundação do Instituto, nos anos 40, até os dias de hoje. “Vamos comemorar 80 anos de Canarinhos em 2022, então a ideia foi recolher depoimentos que traduzissem esses 80 anos de história na música, educação e formação dos coralistas”, diz o diretor.

Parte do cenário cultural local, nacional e internacional, o Coral dos Canarinhos de Petrópolis já formou milhares de jovens desde que foi fundado. Com uma discografia de 18 álbuns e apresentações por diversas cidades do Brasil, Estados Unidos, Alemanha, Áustria, República Tcheca, Itália, Venezuela e Argentina, o IMCP é motivo de orgulho para Petrópolis e quem nela habita.

Tendo iniciado suas atividades em 1942, com a criação do coro junto à Escola Gratuita São José, os Canarinhos trilharam um caminho de sucesso e conquistas, sem abandonar suas raízes que, inclusive, terão lugar no curta-metragem. “Por muitos anos os meninos saíam da Escola Gratuita São José e eram levados de kombi para as aulas de música na Santos Dumont. E esse vai ser um dos trajetos que vamos refazer no curta”, adianta Frei Marcos.

O curta poderá ser acessado no Facebook e YouTube tanto dos Canarinhos, quanto da TV Franciscanos.

Notícias Relacionadas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print